Xeque99

Xeque99 – As apostas desportivas fazem parte do meu dia a dia desde que tenho memória, parece estranho mas vou tentar explicar.

Xeque99 – Tudo começou com o gosto pelo gosto pelo Desporto em Geral e o futebol em particular que me foi incutido pelo meu avô desde tenra idade, aos 3 ou 4 anos, as minhas tardes de Domingo esgotavam-se a ouvir relatos de futebol na Rádio Renascença, onde na década de 80 prontificavam nomes como Ribeiro Cristóvão e Artur Agostinho, responsáveis pela criação de Programas como “Bola Branca” ou “Frente Desportiva”, que perduram até aos dias de hoje.

 

A rádio para quem cresceu na década de 80 era o melhor meio para podermos manter atualizados com precisão sobre o que se ia passando no fenómeno Desportivo, em Portugal estávamos limitados a 2 canais de televisão e alguns diários Desportivos, bem como o Vespertino “A Capital” que trazia algumas notícias do próprio dia.

O meu avô, era portanto um ávido consumidor de notícias desportivas, e um muito competente jogador de totobola e outros jogos de fortuna e azar.
Os relatos de domingo à tarde, eram obrigatórios, para acompanhar com o Boletim em riste, e a emoção e descrição que os locutores faziam do desenrolar das partidas, criaram em mim desde então uma imagética mental que me permitiu encontrar alguns padrões, que perduram até aos dias de hoje.

 

A primeira memória que tenho enquanto apostador, é uma pergunta que faço ao meu avô, sobre o facto de passarem dezenas de minutos sem ser gritado “… Gooollllooooooo”, e de repente em 3 ou 4 estádios como que separados às vezes apenas por alguns segundos, começavam como se em uníssono se tratasse vários a gritar a palavra mágica, esse porquê é a minha primeira ação enquanto apostador, a curiosidade pelo fenómeno, característica que considero essencial para a nossa evolução e adaptabilidade a este mundo cada vez mais matemático e concreto.

Pese embora este gosto pelo fenómeno das Apostas Desportivas, as Apostas não estavam, disponíveis em Portugal, apenas o famoso Totobola, que procurávamos preencher e que tantas vezes erramos com golos nos descontos, penaltis “duvidosos” ou simplesmente golos anulados.

 

 

Muitos anos passaram, e após ingressar na universidade, sempre ligado a programas como “Bola Branca” que ouvia ao deitar pelas 22:30m e ao acordar às 07 da manhã, desenvolvi algumas competências ligadas à estatísticas qualitativas e quantitativas que me permitiram criar modelos e tabelas que me acompanham e tendo a ir ajustando até aos dias de hoje – Xeque99

Para além disso, e porque tive a sorte de ir estudar para perto da fronteira e muito longe de casa, tive a oportunidade de visitar a nossa vizinha Espanha, país sempre mais aberto e onde os Casinos permitiam acesso a algumas apostas no Desporto em Geral.


Tornou-se por isso hábito, uma viagem semanal, à nossa vizinha Espanha para fazer o tão aguardado boletim.

No início dos anos 2000, tudo muda com a proliferação da Internet, o Boom dos Bookies “on-line”, ao principio muito ineficientes, lentos a reagir e a perderem fortunas para os mais ávidos e sabedores, nas famosas “linhas de canto”, mas que também eles foram evoluindo até aos dias de hoje, sendo que admito que o grau de sofisticação é hoje de tal modo evoluído que muitos apostadores rentáveis no início dos anos 2000, desapareceram, não tendo conseguido acompanhar as mudanças no Mundo das Apostas Desportivas.


Xeque99 – Quem me conhece, sabe bem que não tenho como filosofia de vida, a arrogância de achar que sei mais do que qualquer outro, e gosto de uma boa e saudável discussão sobre um qualquer fenómeno em especial, ligado ao nosso mundo, EV+ ou CLV´s entre tantas siglas quase exclusivas do nosso dia a dia.

Dito isto, e porque entendo que uma apresentação não estaria completa sem deixar aqui as algumas das minhas características enquanto apostador, e tendo o meu gosto pelas Apostas desportivas, tem muito a ver com a junção destes dois mundos, um de memória e fantasia das recordações das vozes da Rádio e outro mais ponderado, cientifico e concreto, com tabelas e estatísticas, forecasts de tempo, precipitação, vento, jornais, ausências, árbitros, Must Win, Casa, Fora entre tantas outras variáveis.

Movimento-me sobretudo em Linhas de golo, HT e FT, linhas de golo de Equipa, Linhas de Canto e Mercados laterais, como faltas, remates e Cartões, procuro por isso Ligas mais “over”, com especial gosto pela MLS e CSL. As minhas entradas Punter são acompanhadas e corrigidas em Live, que é aliás onde realizo a maior parte das entradas.

Xeque99 – Utilizo tanto Bookies Híbridos ou Europeus como Brokers e Casas Asiáticas, penso que devemos ter várias opções de aposta, e andar sempre à procura de melhores linhas e mercados.


Estas são basicamente algumas das minhas características e a minha história de como cheguei até aqui, estou certo que continuarei a tentar aprender, a procurar evoluir, esta não é uma batalha de nós contra os Bookies, nem de homens contra máquinas, quem pensar isso estará ainda dentro de uma matriz limitada, esta é uma batalha de nós contra nós próprios e de nós contra outros apostadores, quem chegar primeiro ao pináculo da decisão, ao famoso EV+, quem bater com sucesso e sucessivamente as “closing lines” estará certamente mais preparado, o caminho faz se caminhando, e a humildade e a curiosidade são as chaves que permitem abrir as portas.