FAR Rabat vs Raja Casablanca – Botola Pro By Hugo Pinto

 

Marrocos – Botola Pro

FAR Rabat vs Raja Casablanca

12.02.2020

16:00

Jogo em análise: FAR Rabat vs Raja Casablanca.

Jogo que vai colocar frente a frente o actual 6o classificado o FAR Rabat contra o 4o classificado o Raja Casablanca. À partida, este será um jogo com muitos motivos de interesse: se por um lado temos o FAR Rabat a tentar vencer o jogo para se colar ao grupo das equipas que lutam para terem acesso às competições internacionais, por outro temos o Raja que, apesar de ter “desprezado” um pouco o Campeonato, tem aqui hipóteses de se colar ao 2o lugar que neste momento é pertença do Berkane, mas que tem demonstrado estar numa má fase da época.
O FAR Rabat vem num momento que eu nem sei bem definir… Se é capaz do melhor (tem um dos melhores ataques da prova), é também capaz do pior (não venceu nenhuma das equipas do TOP 6 do campeonato marroquino, tanto em casa como fora). A forma recente é muito disto: nos últimos 12 jogos, são 7 vitórias e 5 derrotas, onde um pormenor salta à vista que é que sempre que perderam, perderam pela margem mínima, mas com a particularidade de não terem marcado nenhum golo… Curiosamente é fora de casa que apresenta um melhor registo de golos marcados (10 contra 8 em casa) mas em termos defensivos, os registos são iguais (7 sofridos em casa e 6 sofridos fora).
Para este jogo não há registos de que hajam lesões ou castigos, pelo que a equipa a apresentar será a melhor, o que dará ainda mais força à minha ideia de jogo: tem que vencer o jogo dê lá por onde der… A qualificação está já ali à porta à distância de uma vitória, e é em casa que tem de demonstrar o seu poder. Vai enfrentar uma equipa do Raja que eu só me posso desfazer em elogios. Está neste momento em 4 competições, com possibilidades de ganhar todas elas, desde às internacionais às domésticas. Realizaram no fim de semana um jogo que os levou às meias finais da Taça dos Campeões dos Clubes Árabes (jogou no dia 9 em Casablanca a 2a mão frente ao MC Alger, onde apesar de terem perdido garantiram a qualificação em virtude do resultado da 1a mão com uma vitória por 1-2 em casa dos Argelinos), sendo que tambem já garantiram os jogos na fase a eliminar da CAF Liga dos Campeões, estão em 4o lugar do campeonato a 8 pontos do 1o (que se podem reduzir a 5 em caso de vitória) e ainda estão na Taça de Marrocos… Ou seja temos uma equipa em muitas frentes, e a prioridade está definida há muito: CAF em 1o, TCCA em 2o, Campeonato e Taça. Ou seja, o jogo de amanhã não está a ser encarado como um jogo de prioridade absoluta, pois dia 16 de Fevereiro têm a 1a mão da TCCA onde têm que se deslocar ao Egipto para defrontar o Ismaily… Reportando apenas ao Campeonato, mesmo estando em 4 frentes, o Raja tem o 4o melhor ataque (com mais golos marcados fora do que em casa curiosamente) o que se explica pelas diversas poupanças que o Raja tem feito para fazer frente a todas as competições onde está inserido. Ora o jogo de amanhã insere-se na mesma óptica da rotação do plantel, pois no último jogo estiveram os melhores 11 em campo frente ao Alger e sendo a TCCA uma prioridade, a expetativa é a de que sejam os mesmo 11 a entrar em campo no próximo dia 16, o que não deixa muitas margens para dúvida de que amanhã haverá uma rotação bastante alargada no 11 que entrará em campo…
Assim sendo a minha entrada para este jogo só poderá ser uma: frente a um Raja com uma escalação que se prevê que seja feita com jogadores reserva, e com a possibilidade de se colar ao TOP 4, FAR Rabat precisa de vencer o jogo e para isso precisa de marcar golos…

O Raja tb já demonstrou que mesmo com equipa reserva tem capacidade para marcar um golo por isso vou dar entrada no Over 2 FT que paga 1.85. Para um jogo onde está muita coisa em jogo, acredito que se vejam golos dos 2 lados (as defesas das 2 equipas não são de fiar), por isso o BTS a pagar 2.35 é uma boa hipótese para quiser arriscar um pouco mais. Quem quiser esticar um pouco a corda, a vitória do FAR Rabat a pagar 1.73 é uma hipótese a explorar, num jogo onde prevejo a vitória do FAR por 2-1

Tip do jogo FAR Rabat vs Raja Casablanca – Botola Pro By Hugo Pinto

Berkane vs Safi – Botola Pro By Hugo Pinto

 

Marrocos – Botola Pro

Berkane vs Safi

10.02.2020

16:00

Em confronto está o actual 2º classificado, o Berkane, contra o 12º classificado, o Safi. Este Berkane tem surpreendido tudo e todos pelo campeonato que tem feito até agora, mas na última jornada, deixou o Wydad fugir na tabela classificativa, empatando em casa do Tetouan, num jogo que terminou sem golos.

O Wydad tinha acabado de vencer umas horas antes, e este empate atrasou o Berkane na luta pelo título, ficando agora a 3 pontos de distância. Ou seja, uma vitória hoje é essencial, não só por tentar recuperar distâncias ou pelo menos mantê-las relativamente ao Wydad, bem como a tentar limpar ou pouco da imagem que ficou do último jogo, onde se viu uma equipa amorfa, e sem capacidade de ultrapassar defesas muito fechadas e meio campo povoados.
Acredito que é isso que vai voltar a acontecer hoje, com o Safi a fechar todos os caminhos para a sua baliza e o Berkane a ter de lutar muito para desbloquear o resultado. Porém há um pormenor que salta à vista para este jogo: o Berkane joga em casa.
Na realidade isto até pode dizer pouco, ou ser apenas mais um chavão de quem escreve, mas o facto é que o Berkane leva já 20 (???!!!) jogos sem perder em casa, sendo que a última derrota foi há quase 1 ano (16 de Março de 2019 frente ao Raja)… Daí para cá são 7 empates e 13 vitórias, entre Campeonato e Taça das Confederações. Se isto não é um registo impressionante não sei o que será…
Outro pormenor interessante: nestes mesmos 20 jogos, apenas em 2 o jogo não teve mais do que 1 golo, e apenas em 7 o Berkane não marcou mais de um golo. É algo que apenas está ao alcance de equipas de topo (Wydad e Raja), mas que este ano o Berkane tem demonstrado estar correctamente posicionado para fazer um gracinha. Por seu lado temos o Safi. Este Safi terminou o ano passado em 4º lugar, o que lhe permitiu estar presente na Taça dos Campeões dos Clubes Árabes, e tem sido aqui a única competição onde o Safi tem demonstrado a sua força, pois no campeonato não tem estado ao nível do ano passado, onde tem passado por maus momentos de forma com 3 derrotas em 9 jogos e 2 vitórias nestes mesmos 9 jogos. Porém tudo pode mudar com uma vitória de hoje: o Safi vencendo passará para 8º lugar e aproxima-se do topo da tabela, o que daria um boost importante para o resto da temporada do Safi. O problema é quem é o adversário de hoje…
Sinceramente não vejo o Safi a ter capacidades para levar de vencida a equipa do Berkane. A qualidade do Berkane é muito superior este ano, e o Safi não se tem dado muito bem fora de casa… Assim sendo deixo aqui a minha entrada principal para este jogo: atendendo ao fantástico percurso do Berkane em casa, apenas posso respeitá-lo e continuar a acreditar que de 20 passarão para 21 jogos sem perder e registarão mais uma vitória no jogo de hoje, frente a uma frágil equipa do Safi.
Assim Berkane ML a pagar 1.64 é a minha entrada para este jogo. Para quem quiser arriscar um pouco mais, temos um Berkane Handicap -1 a pagar 2.17 que também é muito apelativo. Como CS acredito num 2-0 para o Berkane.

Tip do jogo Berkane vs Safi – Botola Pro By Hugo Pinto

[paypal-donation purpose=”Paga uma cerveja a Betopedia” return_page=”https://betopedia.org/obrigado-pela-tua-cerveja/” button_url=”https://betopedia.org/wp-content/uploads/2020/02/cerveja200.png”]

Wydad vs FUS Rabat – Botola Pro By Hugo Pinto

 

Marrocos – Botola Pro

Wydad vs FUS Rabat

10.02.2020

16:00

Encontram-se hoje para mais um jogo do Campeonato Marroquino o crónico candidato ao título Wydad, actual 1º classificado, contra o FUS Rabat, actual 6º classificado. O Wydad, tal como esperado, começa a cavar um fosso interessante para os seus rivais.
Está a chegar a altura das decisões da Liga dos Campeões Africanos, a grande aposta desta equipa para este ano (relembro que o Wydad é Vice Campeão desta competição, onde foi derrotado na final pelo Tunis), e se há coisa que os responsáveis e jogadores do Wydad não querem é terem com que se preocupar com 2 competições ao mesmo tempo (CAF e Campeonato). Daí que a ordem seja vencer os jogos todos até voltarem as fases a eliminar da CAF, que tem já o seu primeiro jogo dia 29 de Fevereiro frente ao Etoile Sahel na 1ª mão, que será jogada em casa do Wydad.
Ora, daqui até lá são quase 20 dias sem competição, onde o Wydad irá fazer um pequeno estágio para preparar esse encontro, mas o foco está no jogo de hoje. É imperativo vencer!
Há que no mínimo manter as distâncias para o 2º Classificado, e se possível alargá-las, daí que qualquer resultado que não seja a vitória será sempre um mau resultado, ainda para mais quando o Wydad joga em sua casa. É aqui, em sua casa, que o Wydad tem os seus melhores registos, sendo que em 13 jogos tem apenas 1 derrota (contra o Berkane, mas num contexto de poupança para o jogo a seguir que jogou frente ao Raja Casablanca, eterno rival), o que torna este seu recinto uma autêntica fortaleza para o Wydad e um martírio para quem o visita.
O apoio das bancadas chega a ser asfixiante, e claramente, se há adeptos que empurram a equipa para a vitória, os do Wydad estarão certamente no TOP 3. Nestes 13 jogos em casa, para todas as competições, apenas 3 vezes os jogos acabaram com menos de 2 golos, e o Wydad apenas em 4 ocasiões não marcou mais de 1 golo no jogo, o que mostra que é em casa que não só tem um registo de vitórias assinalável, como é também em casa que tem o seu melhor registo produtivo.
Por seu lado, vai apanhar uma equipa, o FUS Rabat, que vem numa das melhores séries sem perder do campeonato Marroquino, com 9 jogos sem perder, o que os deixa no 6º lugar a apenas 3 do 4º lugar, que é actualmente ocupado pelo Raja Casablanca mas que tem menos 2 jogos realizados.
O FUS Rabat não começou bem a época, onde nos primeiros 8 jogos apenas contou com uma vitória, mas parece que encontrou o seu caminho e está neste momento a trilhar uma recuperação assinalável, que pode culminar, provisoriamente, com a obtenção do 4º lugar, último lugar que dá acesso às competições internacionais. Se há coisa que não salta à vista nesta equipa do FUS Rabat é a sua veia goleadora pois tem apenas 16 golos marcados em 14 jogos efectuados, o que demonstra pouco poder ofensivo, e por seu lado apresenta 13 golos sofridos, porém apenas 3 sofridos nos últimos 8 jogos (2 golos sofridos nos últimos 2 jogos), o que demonstra uma recuperação a nível defensivo, registo este que melhora e muito quando a equipa joga fora. Resumo: prevejo um jogo de sentido único, com o Wydad à procura da vitória desde o 1º minuto, e prevejo um FUS Rabat a defender o empate o mais tempo possível e tentar sair em contra ataques venenosos, onde o Wydad já demonstrou a sua permeabilidade.
Não são antecipadas mudanças ou poupanças no Wydad para o jogo de hoje, tendo em linha de conta que vem aí uma paragem que servirá para recuperar jogadores, logo acredito num jogo algo entretido, e vou dar a minha entrada baseado naquilo que tem sido o registo do Wydad em sua casa: acredito que o Wydad faça 2 golos e também acredito que sofra um mas para proteger a minha aposta vou em OVER 2 FT a pagar 1.61 como entrada principal para este jogo.
Para quem quiser arriscar, tem a vitória do Wydad a pagar 1.54, que apesar de representar um valor baixo, tenho confiança de 9 / 10 em como o Wydad vence este jogo. O BTTS a pagar 2.2 também poderá servir os interesses daqueles que têm uma banca mais confortável e aceitem correr este risco.

Tip do jogo Wydad vs FUS Rabat – Botola Pro By Hugo Pinto

[paypal-donation purpose=”Paga uma cerveja a Betopedia” return_page=”https://betopedia.org/obrigado-pela-tua-cerveja/” button_url=”https://betopedia.org/wp-content/uploads/2020/02/cerveja200.png”]

Barcelona vs Valência – Final da Taça do Rei – Espanha

Sábado às 20.00, o Estádio Benito VillaMarín na cidade de Sevilha acolhe a final da Copa de su Majestad el Rey, uma prova centenária do calendário do futebol espanhol – Barcelona vs Valência 

Barcelona vs Valência Os finalistas são dois clássicos do futebol espanhol, um deles colossal e outro a caminho de reencontrar o seu posto natural entre os grandes clubes – Barcelona vs Valência 

 

O Valência chega a Sevilha cheio de ilusão e de vontade de triunfar. Vem de uma época muito conturbada que começou muito mal e terminou de forma saborosa ao assegurar o quarto posto da Champions sob a linha de meta.

 

Marcelino Toral, muito contestado durante quase toda a temporada pela exigente afición Che, soube passo a passo encontrar o caminho para o sucesso, e esta final da Taça é um justo prémio para a perseverança da equipa.

À sua frente estará um Barça ferido no seu orgulho pela humilhação em Anfield, que expôs à saciedade todas as imperfeições e costuras da equipa de Ernesto Valverde.

Uma equipa que ainda não recuperou da tremenda paulada que apanhou, e que terá que acordar a tempo se não quiser apanhar outro desaire. Mas ainda assim uma equipa que tem Messi, sendo incrível que tendo jogado nesta um futebol tão mediano e entediante como o do Real Madrid estivesse a ponto de ganhar tudo, por causa da irreal temporada do seu mago argentino.

valência
Para chegar a esta final Valência, depois de eliminar o Ebro e o Sporting de Gijón, equipas de escalões inferiores, teve como obstáculos finais o sensacional Getafe de Bordalás e o Betis de Quique Setién, que estava motivadíssimo pelo facto de saber que iria disputar a final em casa.

Contra o Getafe foi uma eliminatória muito dura, uma vez que os valencianos perderam no Colisseum por 1-0, e ao intervalo estavam a perder por 0-1 no Mestala, tendo obtido uma vitória heróica por 3-1 com dois golos nos descontos a carimbarem a passagem em frente. Contra o Betis a equipa mostrou ser simplesmente mais forte que os andaluzes.

Um percurso mais ou menos acessível, mas no qual a equipa mostrou ter a competência e empenho para vencer quando vieram os obstáculos mais complicados.

Barcelona
O percurso do Barça nesta Copa del Rey foi muito atribulado. Depois de ter eliminado naturalmente a Cultural Leonesa, encontrou o Levante nos oitavos, perdendo em Valência num jogo marcado pelo polémico alinhamento indevido do Barça( não reclamado em prazo útil pelos valencianos), tendo depois Messi tido que resolver na segunda mão com um 3-0.

Barcelona vs Valência

 

Quartos com o Sevilha o mesmo enredo, Barça perde por 2-0 a primeira mão no Sánchez Pizjuán, Messi entra em campo na segunda mão e os andaluzes são despachados com um 6-1.

Chegam as meias finais com dois clássicos contra o Real Madrid, e na primeira mão a equipa tem dificuldades para assegurar um empate a um no Camp Nou.

Qualquer dúvida que houvesse sobre a equipa ficou dissipada uma semana depois no Bernabeu, com o Barça a impôr-se com muita categoria e naturalidade por 0-3.

barcelona e messi

Um percurso feito de remontadas surpreendentes na quais o Barça mostrou de forma inequívoca ser a mais forte equipa espanhola da atualidade, sobretudo pela forma autoritária como eliminou o Real Madrid.

Em termos históricos o Barça procura um inédito penta na Copa, uma vez que ao vencer as últimas quatro edições da prova igualou as proezas do Real Madrid e do Athletic.

Para além disso o Barça pode revalidar o seu doblete, e aumentar o seu número record de Copas del Rey para 31, sendo que para além disso Messi poderá ainda aumentar o seu score como melhor marcador da prova com uns irreais 50 golos apontados.

O Valência procurará ganhar a sua oitava Copa, tendo vencido a última há uma década, em 2008. Os dois jogos entre as equipas na Liga deste ano foram muito interessantes.

Em Outubro no Mestalla o Valência começou por dar um verdadeiro banho de bola ao Barça, naquela que foi a primeira vez na temporada que a equipa deu uma grande sensação de fragilidade, que se iria repetir ao longo da temporada.

Marcou um golo, e poderia ter marcado quatro, até que apareceu Messi, e tal como sucederia muitas vezes ao longo da época, marcaria e salvaria o Barça. Final do jogo, o resultado foi 1-1, que poderia ter tido muitos mais golos.

Barcelona vs Valência jogador_goncalo_guedes
Em Fevereiro o Valência volta a dar um verdadeiro recital no Camp Nou, e à meia hora vence por 0-2. Novamente aparece o suspeito do costume, Messi, sempre ele, que aponta dois golos e iguala um jogo em que o Barça esteve completamente à deriva, jogando um futebol aos repelões e desligado.

Barcelona vs Valência

 

Final do jogo, que ficou empatado a 2, mas poderia ter tido mais golos.
Acrescem a este cenário as lesões do Barça. Súarez e Coutinho não jogam, ao passo que Dembelé e Arthur estão em dúvida.

Barcelona vs Valência treinador do barcelona Ernesto Valverde

Nota-se igualmente muita preocupação pela recuperação a tempo do guarda-redes Ter Stegan. Muitas dores de cabeça para a formação de Ernesto Valverde, um treinador que está a sofrer uma forte contestação dos adeptos blaugrana.

A decisão de operar Súarez depois de Anfield também não está a ser bem digerida pelos adeptos, uma vez que nem o uruguaio não se sacrificou para jogar esta final, nem o clube achou que fosse importante tê-lo num jogo tão crucial.

No Valência Garay e Cheryshev são as duas principais preocupações de Marcelino, sendo certo que vão os dois falhar a final.

Dois jogadores importantes na formação valenciana, sobretudo o central argentino, uma peça nuclear da equipa, que priva o centro da defesa de uma peça muito importante.

Barcelona vs Valência de Pedro Pita Soares
Vistos estes pressupostos vejo valor nas seguintes linhas. Não vou na linha óbvia de Messi a marcar a qualquer porque me parece que a Odd é demasiado baixa( 1.50 de Odd )

BTTS e over 2.5 @ 1.80 na Tripbet

Over 3 @  1.80 na Tripbet

Para além destas duas linhas vejo valor numa small stake numa linha especial.

Messi a marcar o último golo do jogo @ 3.05 na Tripbet

Valladolid vs Valência e o Balanço da La Liga

Valladolid vs Valência – Este fim-de-semana chega ao fim La Liga, prova que este ano foi, mais uma vez, dominada do princípio ao fim pelo Barcelona de Messi.

 

Valladolid vs Valência A grande desilusão voltou a ser o Real Madrid, que passou uma temporada muito atribulada de que os três treinadores que teve são disso testemunho – Valladolid vs Valência

 

 

Creio que é tempo de fazer um balanço

Vejamos a classificação final da prova na temporada passada:

valladolid vs valencia

 

Vejamos agora a classificação actual da Liga, com uma jornada por disputar:

valladolid vs valencia

Façamos um balanço do que é comparável, que não inclui quer as equipas que desceram na temporada passada, quer as que subiram.

Barcelona:

Este foi do ponto de vista futebolístico o Barça mais cinzento da última década. Em relação à temporada passada a equipa tem menos pontos, menos vitórias, menos golos marcados, mais golos sofridos.

Salvou-se Messi, e pouco mais. Ainda assim mais uma dominou a prova como quis de principio ao fim, conquistando a oitava Liga em onze anos, o sinal de uma hegemonia total.

Valladolid vs Valência

 

Atlético de Madrid:

Volta a ser segundo classificado, à frente do seu arqui-rival Real Madrid, mas esta foi uma temperada repleta de fracassos, os maiores a eliminação na Champions às mãos da Juventus e da Copa del Rey às mãos do modesto Girona.

 

Salvou-se a Supertaça Europeia ganha ao Real Madrid, mas a equipa deu a sensação de decadência e claros sinais de envelhecimento, apesar dos números continuarem a ter aquela regularidade das equipas de Simeone.
Real Madrid.

Um verdadeiro desastre esta primeira temporada depois da saída de Cristiano Ronaldo, e dos seus 50 golos por ano.

Valladolid vs Valência

Começa por perder a Supertaça Europeia para o Atleti, faz uma fase de grupos miserável na Champions, é eliminado da Copa del Rey pelo Barcelona com um 0-3 no Bernabeu, leva 5-1 no clássico do Camp Nou sem o Messi, é eliminado da Champions pelo Ajax, enfim todo um cardápio de horrores. Bateu um record do clube, esta foi a primeira equipa do Real Madrid que sofreu 11 derrotas numa edição de La Liga.

 Valência – Teve um principio de temporada terrível, marcado pelas lesões de jogadores nucleares da equipas, chegou a andar a lutar por não descer, mas lentamente a equipa de Marcelino soube achar o seu posto nesta Liga.

Olhando para a globalidade da temporada chegou às meias-finais da Liga Europa, e está na final da Copa del Rey, e na última jornada conseguiu finalmente chegar ao ambicionado quarto posto da Champions, o que não é nada mau.

Claro que comparando temporadas a mediania futebolística ressalta no facto do Valência ter menos 16 golos e 15 pontos que na temporada passada, mas fica uma boa imagem final.

Getafe:

A grande sensação da prova neste ano, tendo andado boa parte da temporada no quarto posto da Champions.

É das equipas mais impressionantemente regulares sob o ponto vista estatístico, se vencer o Villareal na última ronda o Getafe fará exactamente os mesmos 58 pontos que tinha feito na temporada passada, e a esta altura da prova tem exactamente o mesmo número de golos sofridos( 33) que na temporada passada.

Um autêntico relógio suíço esta máquina de Bordalas, que ainda sonha com um escorregão do Valência que lhe permita atingir o quarto posto da Liga.

Sevilha
Sevilha:

Tal como sucedeu na temporada passada o Sevilha voltou a ter um péssimo final de temporada. Se a doença de Caparrós começou por unir o grupo, esse efeito foi passando, e a equipa mostrou uma enorme fragilidade neste final de temporada.

A época fica marcada pela terrível eliminação da Liga Europa às mãos do Slavia de Praga, a equipa teve alguns picos altos, o maior vencer o Real Madrid por 3-0 no Sánchez Pizjuán, mas deu sempre a sensação de ter uma defesa lenta e macia, e que vacilou na parte final.

atl madrid
Athletic:

Os bascos tiveram uma primeira metade da temporada horrível, tendo pairado a sensação que uma inédita descida de divisão iria acontecer. Fruto de uma grande segunda volta o Athletic conseguiu meter-se no sétimo posto que dá direito à Liga Europa, precisando de um ponto para assegurar este posto, que disputa com o seu arqui-rival Real Sociedad,

Mais um ano em que os bascos se mantiveram fieis à sua política identitária, mas começa a crescer a pressão para o Athletic contratar não bascos, sobretudo porque se dá o paradoxo dos Leões serem neste momento um clube muito sólido financeiramente, dos mais ricos de Espanha, fruto das vendas que tem feito nos últimos anos.

Valladolid vs Valência

A Real Sociedad de San Sebastian teve uns furos abaixo do que se esperava, mas acaba esta temporada em grande. Fez mais pontos, e mostrou ser uma equipa mais equilibrada na temporada passada, sofrendo menos golos e marcando menos golos.

Fica a excelente imagem da ponta final, é um clube histórico, continua firmemente estabilizado na Liga, a questão é se pode consolidar um projecto para ser um clube que vá mais vezes à Liga Europa.

O Espanyol de Rubi teve um extraordinário inicio de temporada, no qual foi uma das equipas que jogou um futebol de maior qualidade na Liga. Vieram as lesões e uma quebra brutal, na qual a equipa chegou a ameaçar descer, mas na ponta final a formação barcelonesa recuperou sensações e resultados.

Tudo somado mais irregularidade, menos irregularidade, o Espanyol fez uma prova em que teve números em tudo semelhantes aos da temporada passada.
Betis.

A segunda temporada de Quique Setién à frente do Real Betis Balompié foi marcada pelo fracasso, e a contestação ao técnico dos andaluzes parece que torna inevitável a sua saída no fim do ano.

A eliminação da Liga Europa às mãos do Rennes, e na meia-final da Copa del Rey pelo Valencia marcaram muito do destino deste Betis, cujo futebol encantador do ano passado parece ter-se tornado mais especulativo e inconsequente. Os 18 golos a menos e os 13 pontos a menos apenas plasmam em números aquilo que se viu em campo.

Alavés:

Os bascos de Vitória estiveram muito tempo a lutar pelo quarto posto de Champions, fruto de apresentarem uma equipa com um futebol muito organizado e veloz, e orgulhavam-se de dizer que eram o clube mais bem classificado do País Basco.

 

No final do ano pagaram uma factura muito pesada por terem andado em voos muito altos. Interessante que acabam com números muito semelhantes aos da temporada passada, sendo que no ano passado a temporada teve o sentido inverso ao da actual, começaram muito mal e acabaram em grande.


Eibar:

Os anos passam e o milagre continua. Uma equipa de uma pequena terra basca que, ano após ano, se mantém em La Liga, com um orçamento muito inferior ao dos restantes competidores.

Esta foi talvez a temporada mais tranquila do Eibar desde que está no escalão principal do futebol espanhol, soube consolidar processos, e esteve sempre a meio da tabela. Vinha de um ano de ouro, no qual obteve a melhor classificação de sempre do clube, e não é nada fácil repetir uma temporada tranquila.

Leganés:

Os madrilenos foram durante muito tempo mais uma equipa a lutar pelos postos europeus, tendo sofrido uma tremenda queda no final da temporada.

Para um clube que luta pela permanência foi uma época a todos os títulos excelente, mas tendo em conta o que podia ter sido foi uma temporada que soube a pouco, sobretudo quando olham para o sítio onde estão os seus arqui-rivais do Getafe. Os números são em tudo semelhantes aos da temporada passada.


Villareal:

A grande desilusão da prova, uma equipa que foi formatada para lutar por um posto europeu, e acabou a lutar duramente por não descer de divisão.

A equipa jogou francamente mal durante boa parte da temporada, tendo uma boa prova na Liga Europa compensado o que não fizeram em Espanha.

Os menos 18 pontos e 10 golos marcados que na temporada dizem tudo, uma temporada para esquecer.

Valladolid vs Valência

Levante:

Uma das equipas mais interessantes e excitantes de La Liga, jogou um futebol francamente bonito e ofensivo, para se ter uma noção acabou com mais golos marcados que o Atleti.

Em compensação a sua defesa foi o seu grande calcanhar de Aquiles, tendo por causa disso sofrido bastante na ponta final para assegurar a permanência no escalão principal. É uma equipa cada vez consolidada na primeira divisão.


Celta de Vigo:

Matematicamente ainda não assegurou a permanência, mas quase, na justa medida em que tem seis golos de vantagem, e precisaria de perder o último jogo nos Baliados, e que o Girona goleasse.

Ainda assim esta temporada foi muito atribulada, três treinadores, a lesão de Aspas, muito sofrimento. Yago Aspas, o mago da equipa, recuperou a tempo de conseguir um forcing final que assegurou in extremis a permanência.

Uma equipa que precisa de reflectir nas suas tremendas debilidades neste defeso.
Girona. Um desastre estrepitoso na segunda volta condenou os catalães a uma mais que certa descida de divisão.

O problema das equipas com planteis curtos é este, quando se lesionam jogadores nucleares não têm outros com categoria para os substituir, a certa altura da temporada deu a clara sensação de terem atirado a toalha ao chão.

O exemplo de um clube que subiu demasiado alto, fruto da sua profunda ligação ao independentismo catalão, mas não soube consolidar uma milonga que tentou vender, a do novo derby catalão entre eles e o Barça.

Valladolid vs Valência

Um derby precisa de contrastes, e o derby de Barcelona entre Barça e Espanyol é centenário, e tem profundas raízes políticas e sociais, o Barça não tem, nem nunca terá, nenhuma rivalidade com o Girona, porque o Girona simplesmente não é do seu nível.

Valladolid vs valencia

Prognóstico – Valladolid vs Valência

 

O Valência visita o José Zorilla numa situação vantajosa para assegurar o importantíssimo quarto posto da Champions.

As suas contas são muito simples, ganha e é quarto. Se empata ou perde o Getafe terá que fazer o mesmo resultado, sendo que se o Sevilha vencer podem acabar três equipas em igualdade pontual, o que complica as suas contas.

 

Portanto as contas do Valência são simples: vencer. Enfrenta um Valladolid que se salvou na última ronda, e que portanto irá jogar este jogo em fase de descompressão depois de ter passado boa parte da temporada abaixo da linha de água. Uma equipa forte em casa, que habitualmente marca.

Pedro-Pita-Soares
Penso que o Valência não sabe defender, pelo que a forma como vai enfrentar o encontro do José Zorilla é a vertigem e a busca do golo. Também acredito que o Valladolid marque, pelo que vejo valor nas seguintes linhas.

 

BTTS @ 1.85 na Tripbet

Over 2.75 @  1.85 na Tribet

 

Numa small stake, gosto igualmente de uma linha especial:

 

BTTS e Valência @ 3.0 na Tripbet

Tondela vs Chaves – Liga NOS

Tondela vs Chaves – Domingo às 17.30, enquanto benfiquistas e portistas estiverem na ressaca emocional de um Sábado de grandes decisões, a cidade de Tondela recebe um jogo decisivo na permanência na Liga Nos, entre o Tondela e o Chaves.

 

Tondela vs ChavesÉ uma situação quase única na história do nosso Campeonato, já que tudo se irá decidir numa final, num confronto directo, ambas em igualdade pontual, mas com vantagem para a formação visiense – Tondela vs Chaves

 

Um confronto entre dois clubes de duas regiões do interior do país, aliás diria que são os dois únicos verdadeiros representantes do interior, numa Liga cada vez mais litoralizada.

Duas regiões infelizmente desconhecidas para a maioria dos portugueses, tão preocupados em visitar o último recanto das antilhas, e tão pouco conhecedores do verdadeiro tesouro que os nossos antepassados nos legaram.

Tondela é uma pequena cidade do distrito de Viseu, mais conhecida por ser a terra de origem de alguns dos melhores vinhos da região demarcada do Dão.

Uma terra particularmente martirizada pela terrível vaga de incêndios que em 2017 devastou o centro do nosso país em Junho e em Outubro.

Tondela vs Chaves
Do ponto de vista competitivo o Tondela é um clube recente, já que há quinze anos disputava os campeonatos distritais de Viseu.

Fruto de um projecto sustentado, passo a passo, o clube foi galgando divisões até que há 4 anos chegou à primeira divisão, onde se mantém até à presente temporada.

Ao nível dos treinadores também houve relativa estabilidade, tendo estado Petit nas duas primeiras temporadas e Pepa nas duas últimas.

Tondela vs Chaves

Esta temporada do Tondela foi marcada pela irregularidade. Depois de um mau início de Liga, a equipa chega a Janeiro e reage, tendo conseguido inclusivamente vencer o Sporting em casa nessa fase.

 

Depois desse pico positivo a equipa foi descendo, descendo, descendo, até ao posto periclitante onde se encontra agora.

Nota muito importante: É uma das piores equipas fora de casa da Liga, ao passo que no Estádio João Cardoso é uma equipa com os padrões de comportamento normais das equipas do meio da tabela em Portugal.

Tondela vs Chaves
O Clube Desportivo de Chaves é o ilustre representante de Trás os Montes na Liga NOS. O reino maravilhoso de Miguel Torga, que nesse conto dizia que “fica no cimo de Portugal, como os ninhos ficam no cimo das árvores para que a distância os torne mais impossíveis e apetecidos.”

Terra de alguns dos lugares mais belos e escondidos do nosso país, de alguma da mais requinta culinária, terra de bruxas e superstições, e sobretudo dos orgulhosos transmontanos, os tais que vivem para lá do Marão e mandam na terra deles.

Quando os romanos dominaram a península ibérica criaram a cidade de Aquae Flavea perto de um importante centro de minérios, que originou Chaves, de que a Ponte de Trajano à entrada da cidade é disso fiel testemunha. É aliás por isso que os naturais de Chaves se designam flavienses.

Para se compreender a importância da cidade na história de Portugal foi nela que foi impresso o primeiro livro em português.

Tondela vs Chaves

O clube da terra, o Desportivo de Chaves, era o típico clube de sobe e desce que nos anos oitenta teve um breve período de ouro sob o comando de Raúl Águas, que apanha o clube na IIª divisão e a conduz até à UEFA, contando com jogadores como Slavkov, Radu e Vermelhinho, que chegara do Porto em final de carreira.

Nos últimos vinte anos o clube tinha entrado em decadência, havendo apenas a destacar o facto de terem atingido a final da Taça de Portugal em 2010, que perderia de um modo muito digno para uma equipa então na segunda divisão pela margem mínima contra o Futebol Clube do Porto.

O cenário do Chaves era este até que, há três anos, resolveram apostar no grande treinador Vítor Oliveira, e como se sabe isso normalmente é sinónimo de sucesso na segunda Liga e de subida.

Na época passada o Chaves acertou em cheio na escolha do seu treinador com a contratação de Luís Castro, que fez um trabalho absolutamente notável, premiado com um brilhante sexto posto na Liga, e o record de pontos na prova.

Tondela vs Chaves

Tondela vs Chaves

Este ano a formação flaviense não foi nada feliz, em vários aspectos. Antes de mais as saídas de alguns dos jogadores mais importantes da temporada passada não foram colmatadas, e a isso acresceram as duas chicotadas psicológicas de Diogo Ramos e de Tiago Fernandes, tendo José Mota tentado vir equilibrar o barco neste final de temporada.

Nota interessante: o Chaves tem feito uma temporada bastante razoável fora de casa, tendo por exemplo sido muito importantes para as esperanças da equipa em permanecer na Liga as recentes vitórias na Vila das Aves e em Moreira de Cónegos, e onde mais tem falhado tem sido nos jogos no seu reduto, no Municipal de Chaves.

Estão reunidos portanto todos os condimentos para um jogo interessante e competitivo, onde se joga uma época inteira em 90 minutos.

A formação de Pepa, para além de jogar em casa, tem a vantagem e desvantagem de poder jogar com dois resultados. A vantagem porque o facto do empate lhe servir é muito importante, já que são os flavienses que estão numa situação de must win.

Tondela vs Chaves

Mas precisamente isso muitas vezes é uma desvantagem na justa medida em que o plano da formação de Zé Mota é muito simples, ganhar e ficar na primeira divisão, não o fazer e descer, ao passo que há o risco real do Tondela querer defender um empate e acabar derrotado de forma inglória.

Quanto a golos o Tondela em casa apontou 17 golos em 16 jogos, e sofreu 22, ao passo que o Chaves fora apontou uns escassos 12 golos, tendo sofrido 29.

Tondela vs Chaves

Disciplinarmente o Tondela é uma das equipas mais duras da Liga, tendo por exemplo sido penalizado com 14 expulsões nesta Liga, ao passo que o Chaves tem uma folha disciplinar muito mais limpa, apenas sofrendo 5 expulsões, um registo muito interessante porque ser inferior por exemplo ao do Sporting(6) ou do Benfica(7).

Tondela vs Chaves

Vejo valor numa linha – Tondela vs Chaves

BTTS e Over 2.5 @ 1.90 na Tripbet

São duas equipas que defendem mal e sofrem muitos golos, e o Chaves vai ter que atacar, logo poderá marcar e sofrer.

Vejo igualmente valor em apostar num jogo com Over 4.5 nos cartões, quando esse mercado abrir.

O Tondela é uma equipa forte neste domínio, e é uma final em que as equipas vão ter que dar tudo.