Esports…" /> eSports Portugal Betopedia

eSports Portugal

eSports Portugal

Esports Portugal – Hoje em dia já praticamente ninguém vive sem Internet.

A Internet trouxe-nos um desenvolvimento enorme no mundo e tudo está a ser usado cada vez mais através dela.

Os esports não são uma excepção, como o nome indica é um “desporto electrónico”, ou seja, são pessoas reais mas a jogar virtualmente uns contra os outros.

Falamos de um desporto que envolve milhares e milhares de euros, cada jogador tem salários altíssimos, treinadores a mesma coisa sem falar dos prémios de torneios que são valores absurdos e cada vez se vê mais “estrelas” dos e-sports a virem ao de cima.

Temos o exemplo de equipas de counter strike como os avangar, que vieram do nada e estão no TOP 5 mundial, evil geniouses a mesma coisa, com jogadores experientes mas que vieram de baixo e foram crescendo, são neste momento a 3º melhor equipa a nível mundial.

Não deixa de ser uma modalidade engraçada em crescimento que engloba para além de skill, mas sim toda uma componente técnico táctica por trás de tudo e cada vez as equipas tentam inovar mais para surpreender os seus adversários.

Em Portugal os esports têm vindo a crescer e temos equipas já com grande potencial para se instalarem na scene internacional, acredito que nos próximos anos teremos lá a nossa bandeira.

Temos várias organizações a investir para tal e alguns jogadores com algumas internacionalizações.

 

Que jogos existem dentro dos esports?

Bem, existem uma enorme variedade de jogos, mas destacam-se por ordem decrescente os seguintes:

Dota 2; Counter-Strike:Global Offensive; Fortnite; League of Legends; PlayerUnknown’s Battlegrounds; Overwatch; Heroes of the Storm; Hearthstone; StarCraft II e Call of Duty: WWII.

Neste artigo iremos falar mais do Counter-Strike:Global Offensive visto que é uma forte potência no mercado das apostas.

O Counter-Strike: Global Offensive é um FPS, desenvolvido pela Valve Corporation e pela Hidden Path Entertainment, foi lançado no dia 21 de agosto de 2012.

Em 23 de Setembro de 2015, foi anunciado que seria transmitido o torneio ELeague em maio de 2016 pela empresa William Morris Endeavor (WME)/IMG.

Há um histórico enorme de jogadores que passaram e continuam a passar pelo jogo, muitos deles já com carreiras terminadas, mas no início do jogo os jogadores com mais facilidade de adaptação foi os que vieram do Counter-Strike 1.6 (uma versão mais antiga), desde cedo começaram com grande destaque nas suas jogadas.

Até recentemente esses jogadores faziam parte de grandes equipas tier 1.

O jogo apesar de ser sempre o mesmo há sempre surpresas, existem jogadores a dedicar mais de 14 horas diárias ao jogo, isto revela um nível altíssimo de treino.

 

Em que consiste o jogo?

São 5 jogadores contra outros 5, existe o lado Terrorista e o contra-terrorista, ou seja, os terroristas têm de atacar e os contra-terroristas têm de defender.

Existem 2 bombsites, o A e o B e os jogadores da equipa terrorista têm de tentar plantar a bomba em um dos lados, por consequência os contra terroristas têm de anular isso e não deixar plantar…

Imaginemos que morreram 2 contra-terroristas que estavam a defender o site, mas mataram 2 terroristas e os restantes 3 estão vivos, podem plantar a bomba e os contra-terroristas que ficaram vivos podem vir tentar fazer o “retake”, ou seja, tentar defusar a bomba que ficou plantada.

Então mas é só isto, não têm de fazer mais nada?

O jogo começa com uma ronda de pistola, são 30 rondas, quem chegar primeiro às 16 rondas ganha… Mas são 15 rondas em terrorista e 15 rondas em contra-terrorista.

Conforme vão ganhando mais rondas, mais estável vai ser a sua economia, se perderem como é óbvio a economia vai cair e vai tornar o jogo mais difícil.

Por de trás de tudo isto que parece fácil existe também uma economia, sem dinheiro os jogadores não conseguem comprar armas nem o seu “SPAM” (Conjunto de granadas), nem o colete para os proteger melhor.

 

Estão aqui algumas palavras usadas no jogo:

Afterplant: Período após a bomba ser plantada.

Clutch: Quando está um jogador sozinho de uma das equipas contra 1 ou mais jogadores da equipa oposta.

Eco: Ronda económica que se costuma fazer quando as equipas têm pouco dinheiro para juntar algum dinheiro para a ronda seguinte.

Retake: Situação onde os CT’s têm de tentar defusar a bomba, ou seja, regressar ao bombsite e tentar ganhar a ronda

Kill: Quando um jogador mata o adversário

Assist: Quando um jogador tira algum dano mas não mata completamente o adversário e o seu colega de equipa o mata

Granadas são das coisas mais importantes do jogo, podem mudar o rumo de uma ronda em segundos, qualquer spam bem metido será sempre uma vantagem.

 

Dentro do spam/granadas existem:

Granada HE ou Granada explosiva: pode provocar desde baixo a alto dano

Flash ou Granada de Luz: Granada que explode e emite um flash que tapa a visão a todos os jogadores que estiverem virados para a mesma

Smoke ou Granada de fumo: tapa uma zona específica do mapa para onde é lançada

Molotov: Granada com fogo que coloca uma área a arder e provoca dano que se pode comprar no lado terrorista.

Incendiary ou Incendiária: Faz o mesmo que a molotov mas apenas se pode comprar no lado Contra terrorista

Decoy ou granada de distração: Uma granada que emite o som da arma do jogador no local onde caiu

 

Temos as pistolas:

As pistolas são armas com menos poder, são armas de curto alcance que raramente se poderá ganhar duelos com elas contra uma arma.

T - Glock-18 e Tec-9

CT - USP-S, P2000 e Five-Seven

CT e T - P250, CZ75-Auto, Berettas duplas, Desert Eagle e R8 Revolver

 

Submetralhadoras:

As submetralhadoras são usadas com frequência como armas de spray (uma rajada de tiros), elas não têm grande precisão, são armas boas para usar nas rondas iniciais quando há pouco dinheiro.

O lado Terrorista - Mac-10

O lado Contra-terrorista - MP9

CT e Terroristas - PP-Bizon, MP7, UMP-45, P90

 

Shotguns ou armas pesadas:

São armas usadas em confrontos diretos em curta distância, provavelmente se tiver perto do jogador matará com apenas um tiro.

Terroristas - Sawed-Off

Contra Terroristas - Mag-7

Ambos os lados - Nova e XM1014

 

Rifles:

As armas mais populares do jogo, armas fortíssimas mas mais caras, daí que as equipas tenham de ter uma economia estável durante o jogo para conseguir adquirir estas armas. São as mais usadas no jogo e que causam mais impacto.

Os Terroristas – Galil-AR, AK-47, SG 553 e G3SG1

Lado contra-terrorista – FAMAS, M4A1-S, M4A4, AUG e SCAR 20

Nos dois lados – SSG 08 e AWP



Especialidades de jogadores:

AWPER: Jogador que usa AWP como a sua arma principal, tem bons reflexos e reações rápidas, tem destaque por conseguir acampar.

Geralmente existem 2 AWPERS, um principal e um secundário, o secundário só atua conforme o decorrer do jogo.

LURKER: É um jogador que anda sempre distante da sua equipa a surpreender os adversários e até mesmo a distrai-los para não terem uma informação concreta da equipa.

ENTRY FRAGGER: Jogador que é responsável por ter o impacto no inicio das rondas, geralmente é o jogador que obtém as 2 primeiras kills da ronda.

SUPPORT: Jogador que não joga para ter kills, joga apenas para ajudar os seus colegas, enviar spam e proteger as costas dos mesmos.

IN GAME LIDER: Jogador que dá todas as tácticas e que joga qualquer posição conforme o decorrer da ronda.

Fora do jogo ainda temos um treinador que motiva os seus jogadores, mas tem um vasto trabalho de casa a analisar o jogo do seu adversário e vigia os treinos da equipa dando os toques fundamentais do que está em falha.

Posto isto, temos o jogo resumido, o resto só mesmo assistindo para ver o espectáculo que transmitem e as milhares de pessoas que procuram assistir a estes jogos.

Uma equipa pode estar numa forma muito boa mas de repente pode vir a cair ou a ser surpreendida por adversários mais fracos, mas nunca podemos dar nada como certo, há sempre surpresas como já referimos em cima.

Pode haver novos jogadores e a equipa ainda não estar bem unida, mas pode estar a haver um mau ambiente dentro da equipa o que leva a desmoralizar e não jogar como devem, mas há sempre vários factores que influenciam o jogo que pode levar para o melhor ou para o pior.  Se uma equipa não tiver mudanças recentes e tiver um jogo estável é raro mudar.

Outro fator importantíssimo é os mapas, cada equipa tem mapas onde jogam melhor e pior, isso é um factor que nunca se pode deixar escapar e prever qual será a escolha de cada equipa.

Nas apostas um dos mercados que terá valor será o número de rondas de cada mapa e os resultados corretos, são mercados que pagam bem e que não são muito irregulares.

Aconselhamos vivamente a aderir ao jogo, é um jogo que dá espectáculo e emoção, há rondas que dá uma emoção enorme, como por exemplo um clutch que já foi referido acima, é algo de extraordinário, só mesmo vendo.

Geralmente todos os jogos têm transmissão em direto, basta procurar pelo google que encontra-se facilmente, www.twitch.tv é onde se transmite a maior parte.

Esperamos ter ajudado!

Grande abraço.

Rui Meireles – Punter em esports Portugal