VPN Porquê?

Mas então o que é uma VPN?


Antes do porquê, há que saber o que é, por isso vou começar por aí – VPN – Porquê?

Uma VPN – do inglês “Virtual Private Network” – é uma rede privada virtual, ou seja é algo que nos permite estabelecer uma conexão segura a uma rede que depois nos leva à Internet, a nossa entrada protegida para a world wide web.

Se pensarem no Reino Unido, o Brexit é uma espécie de VPN, ou seja, eles querem a ilha deles fechada e segura, depois comunicam com o resto do mundo por diversos “túneis” ou “canais”, que não só o Canal da Mancha.

A analogia é mais ou menos simples, uma VPN coloca os vossos equipamentos numa “ilha” isolada (uma rede privada) e vocês passam a comunicar através de um servidor, do fornecedor (“provider”) de VPN que escolherem, com o resto do mundo, isso leva a que a vossa ligação esteja sempre protegida pelo vosso fornecedor de VPN.

A VPN cria uma rede virtual, onde fica o vosso equipamento (computador, telemóvel, tablet), e que se liga a outra rede, mais concretamente um servidor com acesso à Internet e faz uso dessa ligação à internet.

Quais as vantagens principais?

Existem várias, mas acima de tudo há uma que justifica o investimento e faz a diferença – a Segurança.

Estamos cada vez mais móveis, mais conectados, temos cada vez mais informação sensível (e fotos da vizinha a estender a roupa), e uma VPN protege-nos nos diversos dispositivos que usamos, até porque muitas vezes fazemos conexões a partir de redes públicas (e mesmo privadas) com pouca segurança e muito expostas a riscos.

Mais vantagens, há?

Depois da Segurança, apetece-me destacar a Censura!
Uma VPN abre-nos janelas e fecha portas a quem nos quer controlar! Com uma VPN, o nosso tráfego não sai do local físico onde nos encontramos, mas sim do local onde o nosso fornecedor tem o servidor onde escolhemos fazer a ligação.

Daí que qualquer conteúdo que esteja bloqueado no meu país, pode ser ultrapassado com uma VPN.

Depois temos o chamado “Snooping” que é algo como a “cusquice”, à falta de melhor termo para vos explicar… O “snooping” é uma acção em que algo (aplicação, website, etc…) tenta recolher informação vossa, sem consentimento, para depois a usar.

Por exemplo, todos aqueles anúncios direccionados que recebemos nos nossos equipamentos, porque o equipamento divulga a nossa localização (mesmo sem autorização), aparecem devido ao “snooping” e com uma VPN deixam de aparecer.

VPN Porquê

A mim deixou de me aparecer um anúncio que dizia “Mulata solteira em Viseu quer conversar contigo”, agora aparece-me “Mulata solteira na Sibéria quer conversar contigo”.

Não, não aparece!! E não é porque devem existir poucas mulatas na Sibéria, mas sim porque o servidor do fornecedor de VPN onde me ligo, apesar de estar na sibéria, tem protecções de segurança, que impedem que estas informações e outras passem para quem nos quer controlar.

E, já sei, que alguns estão a pensar noutras vantagens. Sim, é possível dizerem a alguém que vão a trabalho para Londres e na realidade vão de férias para as Bahamas.

VPN Porquê

 

Nota importante, nas Bahamas, quando ligarem à Internet, não se esqueçam de ligar a VPN e escolher um servidor de ligação em Londres e de seguida partilhar a vossa localização com quem quiserem!!

Mas agora mais a sério aqui fica um resumo das vantagens:

– Contornar restrições geográficas de acesso a conteúdos, por exemplo o Youtube tem conteúdos que não podem ser vistos em determinados países, quem nesses países usar uma VPN consegue contornar essa restrição;

– Proteger do “snooping”, especialmente em redes públicas ou com segurança comprometida;

– Ganho de algum anonimato, já que a VPN disfarça a nossa localização;

– Proteção de roubo de identidade, através de “snooping” podem fazer recolha dos vossos dados pessoais. E fazer uso disso para emissão de cartões de crédito, entre muitas outras coisas que vos vão tirar o sono;

– Esconder o nosso histórico de navegação na internet do vosso fornecedor de internet (NOS, MEO, Vodafone, etc…);

– Possibilidade de downloads de ficheiros através de torrents, que estão muitas vezes bloqueados.

Com uma VPN podem fazer downloads de torrents, sem que ninguém guarde registo do que vocês descarregam. Estou a falar do download de torrents legais, se fazem downloads de torrents ilegais (como filmes, músicas e afins), isso é uma acção vossa.

Em boa verdade uma VPN protege que seja feito esse registo (ninguém vai ter provas), mas tenho que vos dizer que o que for ilegal, continua a sê-lo!

Existem mais vantagens, mais usos e utilizações a dar às VPNs, há por exemplo quem use uma VPN para aceder à rede de casa, onde tem informação que necessita.

Aliás, as VPNs surgiram pela necessidade das empresas, que tinham edifícios em vários locais, em usarem uma rede única, partilhada e segura. Contudo, julgo que para os seguidores da Betopedia, estes aspectos que foquei são os mais relevantes.

E, em boa verdade, quando me pediram este artigo não me disseram: “Faz um artigo de 500 palavras sobre o que é uma VPN”, foi mais algo como: “Consegues fazer um artigo em 5 minutos sobre o que é uma VPN e quais as vantagens?”.

Como escolher uma VPN?

Há muitos factores que determinam a escolha do melhor produto e há muitos produtos no mercado. Eu, e a Betopedia, recomendamos duas VPNs, das quais somos parceiros, e que são bastante fiáveis e seguras. Para além disso, são bastante simples e “user friendly” (fáceis de usar e configurar).

A primeira sugestão é a ExpressVPN, que podem consultar clicando na seguinte imagem:

 

ExpressVPN

 

E a segunda sugestão é a NordVPN, que aqui fica:NordVPN

Como já disse, são bastante fiáveis, são multi-dispositivo (computador, telemóvel, tablet) e simples de configurar. Não há necessidade de aprender a fazer configurações de dificuldade elevada para ficarem protegidos.

Basta mesmo seguir os passos na instalação e a segurança aumenta (mesmo para quem vai para as Bahamas!!).

VPN Porquê

Iremos, assim que possível, lançar vídeos tutoriais de instalação destas VPNs, para ajudar nesse processo.

Espero ter esclarecido alguns de vocês e relembro que qualquer ideia que tenham sobre ir de férias para as Bahamas é da vossa inteira responsabilidade!

Por isso, à questão inicial do “Porquê?”, tenho que dizer que devemos usar uma VPN porque temos o direito, e o dever, de nos protegermos e de impedir que nos vigiem, para além do que realmente permitimos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *